Mudança certa para a Fundação Cultural

 Mudança certa para a Fundação Cultural

São Bento do Sul – O começo do fim da semana está sendo movimentado nos bastidores da política, em especial ao que se relaciona com a administração municipal. Uma das mudanças dadas como certas dentro da prefeitura está na Fundação Cultural. Tomazini estaria completamente insatisfeito com os resultados apresentados pela gestão da Fundação até o momento. Pesam ainda as críticas que vêm de fora do Paço Municipal dando conta que vários setores foram relegados ao esquecimento.

Embora tenha peças dentro da estrutura da Fundação para confiar o comando do setor, informações extra-oficiais dão conta que o nome a comandar a Cultura vem de fora do quadro de servidores, pelo menos não será ninguém da Fundação.

Em que pese o primeiro ano ter sido totalmente comprometido por conta da Pandemia do Coronavírus e as imposições de resguardo que fizeram parte do período, em 2022 pouca coisa tem sido realizada de forma a destacar a importância da cultura e suas raízes da música, folclore, teatro, artesanato e outros ramos na cidade.

Também tem chegado ao gabinete reclamações de dificuldade de acesso ao comando da FC em alguns dias pontuais, em especial nas sextas e segundas-feiras. Tomazini já teria tomado a decisão pela troca na peça principal, mas estaria aguardando uma resposta do (a) próximo (a) gestor (a).

Foto de capa mostra o prédio doado para sediar a Escola de Música Donaldo Ritzamann, onde funciona a Fundação Cultural de São Bento do Sul.

Foto: Arquivo/O Jornaleiro

Outras notícias