Batismo e casamento liberados na Igreja Católica

Batismo e casamento liberados na Igreja Católica

Joinville – A Diocese de Joinville publicou uma nota com as orientações para a realização de eventos, encontros, batismo, catequese, casamento, crisma e outros sacramentos que valem até o fim deste ano. As determinações seguem as recomendações da Confederação Nacional dos Bispos no Brasil (CNBB) e também as normas sanitárias vigentes em razão da pandemia do Novo Coronavírus.

Batismos, por exemplo, já estão liberados assim como os casamentos. Mas são necessários alguns cuidados especiais como: o padre não deve tocar na criança durante o batizado; a água abençoada na pia batismal deve ser usada apenas para um único batismo e quando houver mais que um, deve ser retirada a quantidade necessária para o procedimento individual.

Já com relação aos casamentos, noivos e noivas podem ficar sem as máscaras durante a cerimônia, desde que mantenham a distância dos convidados. A quantidade de pessoas dentro da igreja é a mesma das demais Missas, com 30% da ocupação total. Continua em vigor a obrigatoriedade de distanciamento. Os convidados devem usar a máscara durante todo o tempo que estiverem na igreja.

Já a partir do mês de agosto, os padres poderão organizar grupos menores de crianças para receberem a Primeira Eucaristia. O sacramento será para os catequizandos que estiverem preparados, desde que os pais desejem que seja neste período. Já a Crisma que normalmente é feita pelo Bispo diocesano, desta vez também terá alteração. Os padres poderão realizar, observando as normas definidas pela Diocese como uma quantidade menor de adolescentes, capacidade máxima da igreja, entre outras. É importante também que as equipes de fotógrafos e filmagem que farão as coberturas dessas celebrações estejam atentas às regras de segurança em saúde.

A catequese retorna depois que as aulas forem liberadas pelo governo. Por enquanto, as famílias podem realizar os encontros em casa seguindo o tema proposto no manual para aquela semana.

Algumas festas realizadas pelas igrejas também são tradicionais nas comunidades. A modalidade permitida para a realização de qualquer evento é a drive-thru ou delivery. Contudo, a paróquia ou comunidade deve consultar a autoridade sanitária e demais órgãos municipais para obter a devida autorização e orientações a observar na realização do evento.

Conforme a igreja já havia anunciado, os encontros com noivos e a Catequese Batismal devem ser realizados na igreja ou salão paroquial, em espaço ventilado e adequado, seguindo as regras de distanciamento e uso de máscara. Caso os participantes tenham filhos, estes não devem estar no encontro, exceto crianças em fase de amamentação. A orientação para o encontro com os noivos é de que participem no máximo dez pessoas, incluindo os assessores do encontro.

Além disso, as reuniões de pastorais e movimentos devem ser feitas pelos meios eletrônicos. Se for imprescindível alguma presencial, a Diocese de Joinville também definiu regras que devem ser seguidas pelos organizadores.

Conforme o Padre Everton Klapouch (Foto), coordenador diocesano de pastorais da Diocese de Joinville, todas as normas que valem até o fim deste ano podem ser acessadas no site www.diocesejoinville.com.br.

Informações e fotos: Divulgação/Diocese de Joinville