Brasil terá o Centro Nacional de Pesquisa em Vacinas (CNVacinas)

 Brasil terá o Centro Nacional de Pesquisa em Vacinas (CNVacinas)

O Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, o governo de Minas Gerais e a Universidade Federal Mineira assinaram um acordo que permitirá construir um Centro Nacional de Pesquisa em Vacinas (CNVacinas) em Minas.

Neste centro serão realizadas pesquisas de desenvolvimento de conhecimento e tecnologias associadas a vacinas, kits de diagnóstico e fármacos. O centro ainda capacitará e dará treinamentos aos profissionais brasileiros, com a parceria da iniciativa privada para vender os produtos desenvolvidos no local.

O ministro da Ciência e Tecnologia, o astronauta Marcos Pontes, afirmou que o Brasil será uma referência na produção de vacinas. “O Brasil vai ser produtor de tecnologia de vacinas. Insumo farmacêutico por empresa brasileira produzindo nota fiscal e emprego no Brasil, e o envasamento que a gente já faz. O Brasil vai passar a ser produtor mundial de vacina”, afirma Pontes. Para o médico infectologista Francisco Job, trata-se de uma boa notícia a criação deste centro de tecnologia de ponta de vacinas. Segundo ele, o país precisa de vários centros semelhantes. “Hoje nós temos uma dependência muito grande da importação, em especial de países como a China e a Índia. E há a necessidade de outros centros. A gente tem que imaginar que só Minas Gerais, por exemplo, é maior que toda a França. E o Brasil é maior que toda a Europa. Então, é vendo que seja feito um novo centro de pesquisas. De qualquer maneira, esse valor de R$ 50 milhões por parte do Governo Federal e R$ 30 milhões por parte do governo de Minas Gerais é um valor irrisório. Espero que não seja só um factoide”, salienta. No entanto, o médico infectologista Julival Ribeiro disse que seria interessante estruturar os institutos existentes no Brasil com o que será aplicado neste novo centro. “O governo deveria aportar mais recursos para estes institutos que já existem, que prestam, há anos, um elevado serviço ao Brasil, do que estar construindo novas empresas para tentar resolver esses assuntos. É muito importante essas vacinas, mas eu acho que nós temos instituições sérias reconhecidas internacionalmente”.

Neste Centro Nacional de Vacinas, que deve ser instalado em Minas Gerais, o Governo Federal deve investir R$ 50 milhões com a estrutura, enquanto o governador de Minas fará o aporte de R$ 30 milhões.

Por Luis Ricardo Machado

Rede de Notícias Regional /Brasília

Crédito da foto: Alan Santos/PR

Mafalda Claudino

Relacionados