Ex deputado vai mesmo a juri popular

Ex deputado vai mesmo a juri popular

Blumenau – O ex-deputado federal João Alberto Pizzolatti Júnior, envolvido em um acidente de trânsito no dia 20 de dezembro de 2017, que resultou em ferimentos graves a um motorista na rodovia SC-421, entre Blumenau e Pomerode, irá a júri popular e não poderá aguardar o julgamento em liberdade. Ele responderá a acusação de homicídio qualificado tentado.

Na ocasião do acidente, segundo a Polícia Militar Rodoviária, Pizzolatti teria assumido que ingeriu bebida alcoólica. Testemunhas relataram que o ex-deputado federal transitava em zigue-zague pela pista antes da colisão, que causou queimaduras pela região do abdome, mão direita, membro inferior direito e coxa esquerda da vítima.

O júri popular que definirá o desfecho do caso ainda não tem data para ocorrer. Até lá, o acusado permanece no Presídio Regional de Blumenau. Ele respondeu ao processo em liberdade, mas foi preso no dia 15 de maio deste ano por descumprir a medida cautelar de suspensão da habilitação para dirigir, ao ser flagrado conduzindo um carro em Rio dos Cedros, no dia 29 de abril.

Informações: site ocpnews de Jaraguá do Sul