Ex-servidor “fantasma” terá de devolver R$425 mil

Ex-servidor “fantasma”  terá de devolver R$425 mil

Lages – Um homem que ocupou cargo comissionado na prefeitura de Lages durante quase quatro anos  entre 2013 e  2016 foi condenado pelo Juízo da Vara da Fazenda da comarca de Lages.

 Durante todo esse tempo ele não compareceu ao local de expediente, cumpriu jornada de trabalho ou executou atividades ligadas a administração pública,

O Homem  terá de devolver o montante recebido no período, R$ 425,8 mil,  assim como pagar multa civil de igual valor acrescido de correção monetária e juros de 1% ao ano.

A ação civil de improbidade administrativa foi ajuizada pelo Ministério Público. O processo diz que o comissionado ocupava a função de assessor especial de governo, com lotação inicial no gabinete do prefeito e posteriormente na Coordenadoria de Assuntos Comunitários e Voluntários de Lages, mas  nunca cumpriu suas obrigações contratuais em ambas as lotações.

Após ouvir a defesa e 14 testemunhas, a justiça condenou o réu por improbidade administrativa, inclusive com a suspensão dos direitos políticos por oito anos. Ele pode recorrer da decisão.

Informações/NDmais