Política: Apoio…Mulheres…Agricultura

Política: Apoio…Mulheres…Agricultura

Nomes acertados

Se os primeiros nomes anunciados pelo prefeito eleito, Dr. Tomazini, não empolgaram, os anunciados na tarde de sexta-feira (27) renderam uma série de elogios. Duas professoras e profissionais de respeito e com amplo conhecimento foram confirmadas para atuar na equipe.

Podem fazer a diferença

Simone Lesnhak Willemann (FOTO com prefeito e vice eleitos), anunciada para a chefia de Gabinete, é esposa de um dos advogados de confiança de Tomazini, Maurício Willemann. No entanto, carrega uma bagagem de conhecimento e experiência que pode fazer a diferença no relacionamento entre Executivo e Legislativo. Andrea Bauer Tamanini também tem uma ampla bagagem e conhecimento quando se fala de desenvolvimento e tecnologia.

Desenvolvimento Econômico

Para alguns políticos, esta será a primeira vez que o setor contará com uma pessoa absolutamente técnica e com conhecimento internacional relacionado aos setores de tecnologia. A expectativa é de uma aproximação muito mais eficiente entre o setor público e privado.

Experiência Política

A única dúvida será: ambas as professoras fazem a estreia atuando diretamente em cargos políticos de primeiro escalão. Terão que aprender a conviver com algumas situações as quais normalmente os professores não enfrentam no dia a dia. No entanto, o conhecimento técnico, a habilidade de relacionamento tende a garantir o equilíbrio.

Namoro com PSD

Em que pesem as divergências internas no PSD, está mais do que na cara uma aproximação definitiva com os tucanos e com a base governista. Independente da reunião marcada para segunda-feira (30), em que o presidente pessedista, Vilmar Kravec, convocará o Diretório para votar o assunto, as tratativas seguem no fim de semana para alinhavar a situação e garantir chegar na reunião com tudo acertado.

Uma secretaria é pouco

Dentro do partido (PSD) há quem diga que tendo dois vereadores que podem garantir governabilidade, apenas a secretaria de agricultura é pouco para definir apoio. Tomazini pode ter que abrir mão da Assistência Social ou Fundação Cultural para o PSD.

Aceita se o partido fechar

O vereador eleito Luiz Pesenti (PSD) disse em entrevista de rádio que aceitaria sim comandar a Secretaria de Agricultura, desde que haja um consenso dentro do partido para apoiar o governo. Segundo ele, não é momento de pensar somente na sigla, mas num projeto que seja benéfico para a população.

Criticou

Pesenti ainda criticou o momento da administração atual que suspendeu, após a eleição do dia 15, serviços como a inseminação artificial. Ele entende que existe produtor rural esperando pelo benefício e que tal investimento tem um custo relativamente baixo para a municipalidade.