Política: Famigerada TBO…Redlich…Brasília

Política: Famigerada TBO…Redlich…Brasília

Só para refletir um pouco

Não poderia atribuir o insucesso do então vereador Marco Redlich (PP), ao perder a campanha na tentativa de se reeleger, apenas à Tarifa Básica de Operações, a famigerada TBO. Houveram pelo caminho, outras coisas que atrapalharam seu desempenho na reta final da legislatura.

Mas está claro

Evidenciada cada vez mais como uma tendência técnica para as cidades onde existe serviço público de abastecimento de água, a TBO está chegando cada vez mais longe. Pode se dizer que o então vereador sofreu uma campanha difamatória por conta de entrar com uma medida antipática, mas necessária.

Quanto aos valores

Seria uma novidade e tanto se o atual governo entrasse com revisão dos valores. “Beneficiado” pela pandemia, o governo já tem estatísticas sobre a medida e o impacto de valores. Tudo aumentou desde o começo de 2020, inclusive o que se leva em conta para o tratamento de água e esgoto. O melhor a se fazer é deixar o assunto TBO o quanto mais “silencioso possível”.

Justificou

A fala do engenheiro sanitarista, e que serve ao Samae de Rio Negrinho, Hugo Binder, ao deixar claro que Rio Negrinho sabia das “pedradas que levaria” com a criação da TBO, mostra o quão antipática é a matéria. Mas é hora de colocar na mente dos legisladores, talvez os que mais tenham feito campanha contra (por interesse político), que a medida é absolutamente necessária.

Rio Negrinho terá

Ainda sobre o encontro com a imprensa e vereadores na manhã desta quarta-feira (24), o Samae rio-negrinhense deixou claro que todos os estudos foram realizados para a implantação da medida na cidade.

Prefeitos em Brasília

A semana está sendo de “aglomero” de prefeitos em Brasília. Isso porque o prazo para apresentação das emendas parlamentares termina nos próximos dias, ou horas. Caito Treml (PL) de Rio Negrinho, está na Capital Federal tratando de alguns encaminhamentos da cidade.

Tomazini também está

O prefeito de São Bento do Sul, Antônio Tomazini (PSDB), também está circulando pelo Planalto Central com “pires em mãos”. Ele embarcou nas primeiras horas do dia acompanhado do vice-prefeito, Tirso Humelgenn (PSDB), assessor jurídico, Patrick Vicente, e do representante da secretaria de finanças, Sérgio Pereira. O retorno está previsto para a manhã de quinta-feira.

Gabinete de Schiochet

Na imagem ilustrativa, os prefeitos de São Bento do Sul e Rio Negrinho, bem como o vice-prefeito de São Bento, se encontraram casualmente no gabinete do deputado catarinense Fábio Schiochet (PSL).

Coisas na Petrobrás

O que o Governo Federal tem encontrado de roubalheira e desvios na Petrobras ainda vai virar enredo de filme na sétima arte. Funcionários fantasmas, empresas atravessadoras de políticos, superfaturamentos em compras e por aí vai.

Sem ponderação

Mas ainda acontecem brigas insanas em redes sociais fomentadas por defensores do sistema falido da estatal que precisa de uma depuração geral para trazer ao consumidor um preço justo pelo combustível. Defender ideologias para justificar roubos, sim: é insano!

Na previdência social

Outra investida que o Governo Brasileiro deve promover em breve é no sistema previdenciário do país. Não é novidade que, junto com a Petrobrás, é um setor que está recheado de ladrões que não aparecem, mas recebem. A conta vai sendo paga pelo povo que não sabe, e quando sabe não entende, o que está, de fato, acontecendo.