Política: Mulheres…Assistência Social…PSDB

Política: Mulheres…Assistência Social…PSDB

Força feminina na Câmara

A próxima legislatura em São Bento do Sul contará com três mulheres (FOTO) na Câmara Municipal. Zuleica Voltolini (PP), Carla Hoffmann (PSD) e Terezinha Dybas (PSDB). O que é muito bom para a sociedade. Não se trata de feminismo ou sexismo, mas de um momento importante para que a ponderação e um pouco mais de razão mesclada com emoção façam a diferença nos projetos em prol de classes e questões pontuais.

Vai ser cobrado

Reeleito para o Legislativo o vereador Jairson Sabino (PSDB) já vem sendo alvo de críticas nas redes sociais. O motivo é que ele mesmo teria pregado que vereador eleito tem que atuar na Câmara e não em cargos oferecidos pelo governo. Dentro do PSDB há rumores de que ele mesmo pediu para comandar a pasta. Vai ter que encarar e aceitar as críticas.

Por outro lado

Como sempre esteve do lado que tacava pedras na Secretaria de Obras, terá agora que conquistar a confiança dos servidores de carreira que atuam no setor. A pasta não é só o secretário ou um partido político, mas gente que trabalha anos no setor ajudando a melhorar a cidade.

Na torcida

Desportistas e professores das escolinhas de base estão torcendo para que a FMD – Fundação Municipal do Desporto, seja assumida por alguém flexível e com visão de importância para o esporte de base e comunitário. Especialmente pelo fato da pasta estar com orçamento mais curto para o próximo ano.

Indicações de Magrão

Nos bastidores também correm informações que o vereador suplente, que vai assumir a cadeira de Sabino, Luiz “Magrão” Neri estaria indicando algumas pessoas de sua confiança para atuar nos cargos de segundo escalão da FMD.

Na Assistência Social

Não se faz ideia ainda de quem será o secretário de Assistência Social, mas uma coisa parece estar certa: Valdecir Ropelato (PL) volta assumir uma diretoria no setor. Ele foi candidato pela sigla tucana e ajudou eleger dois vereadores.

Cogitado para o planejamento

Dentro do PSDB ainda se cogita o nome do engenheiro civil Sérgio Paloma Pinto. Ele é filiado ao partido há alguns anos e nos últimos tempos também atuou ao lado de Adriana Zanella no comando do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais.

Falando em servidores

Não é novidade que o Sindicato muitas vezes teve preferências políticas. Nesta eleição que se finda ficou clara a incompatibilidade da entidade, por seu comando, com o atual governo. Resta saber até quando a “lua de mel” com o próximo governo vai seguir. A entidade precisa caminhar para acabar com a influência política internamente e torcer para que os projetos em prol dos servidores saiam do papel.

“Tá pegando ruim”

As falas da professora Eliane Hubl ainda ecoam dentro do MDB de São Bento do Sul. Muitos não se manifestam, mas não estão conseguindo engolir as verdades ditas pela professora ao mencionar que se sentiu abandonada na campanha.

Conchavos políticos

O eleitor não faz a mínima ideia das propostas que estão sendo feitas nos bastidores para os vereadores eleitos. O governo trabalha forte para garantir governabilidade e, para isso, entende que precisa ter maioria na Câmara.

Dizem que vai conseguir

Fontes extraoficiais dão conta que dentro do PSD existe uma ala que já sucumbiu aos assédios do PSDB. Ao que tudo indica, a oposição, de novo, vai ficar em minoria. Coisas da política!