Política: Os engraçadinhos…educação…campanha.

Política: Os engraçadinhos…educação…campanha.

Sempre têm os abobados

Já apareceu metido a coordenador de campanha bancando “o professor de Deus”. Sempre aparecem e são exatamente eles quem colocam os candidatos em furadas irreversíveis. Pior, se elegerem seus “clientes” ainda vão exigir tronos cativos.

Uma Ferrari antes de um fusquinha

Trocando em miúdos foi isso que um colega de comunicação ouviu de um metido a especialista político e organizador de campanha. A frase foi relacionada aos investimentos que tal coligação deve fazer em comunicação.

Melhor um fusquinha do que uma Gareli em pedaços

Os candidatos, que são os caras que bancam as próprias campanhas ou que precisam sair de pires em mãos buscando recursos, devem tomar cuidado com esse tipo de nó cego. Ou daqui a pouco alguns veículos, por menores que sejam, vão provar que existem corridas entre Hornet 600 e Garelli tranqueira que ninguém quer.

E tem mais

Pense alguém com esse tipo de pensamento trabalhando como assessor de um prefeito. Está mais do que na hora de nomear gente que tenha visão, respeito e boas intenções. Pode-se negar qualquer coisa a qualquer um ou setor, mas é preciso classe.

No mais…

…cada um faz com seu dinheiro o que entende ser melhor e tem toda liberdade de escolher em que e em quem investir nesse momento. O que não podem os candidatos, é mostrar desprezo por veículos de comunicação que atuam com seriedade e pensando mais no bem social do que muitos deles.

Vais ser bacana

A campanha eleitoral promete ser positiva, de certa forma. É que alguns dos candidatos a prefeito e vices estão mais empenhados a apresentar suas propostas de possibilidades para as cidades. Se continuar na linha dos primeiros programas ouvidos no “horário eleitoral gratuito”, quem ganha é o eleitor.

Decisões na próxima semana

A Secretaria Municipal de Educação de São Bento do Sul vive duas realidades que precisam ser encaradas de frente. Primeiro, a possibilidade de volta às aulas em 2020 (que dificilmente vai ocorrer). Em segundo, deixar o ano letivo de 2021 bem preparado para a próxima equipe que assumir.

Reuniões virtuais

Nesta semana a secretária da pasta, professora Noeli Novak dos Santos Foto), participou de algumas reuniões virtuais para organizar o plano de contingência e algumas outras questões relacionadas ao setor.

Os nanicos farão diferença

Tem gente apostando que candidatos que estão com as campanhas mais tímidas, por menos votos que façam, serão fieis da balança. Na verdade, em São Bento, tem candidatos dissidentes de alguns partidos expressivos. A diferença pode estar nos votos que eles vão tirar das antigas fileiras.