PSD pode ter uma mulher, e professora, de vice

PSD pode ter uma mulher, e professora, de vice

São Bento do Sul – Parece que as negociações entre PSD e MDB estão bem adiantadas para uma coligação. Mas isso somente será decidido na convenção das siglas. Ismar Becker parece ser unanimidade dentro do PSD para compor a chapa principal na condição de candidato a prefeito. Para vice o partido segue negociando com o MDB.

Na cúpula emedebista o nome mais cotado, até o momento para ser indicado para disputa como prefeita, ou mesmo de vice, é da professora Adriane Rujanowsky, mas, nos bastidores, surge uma outra possibilidade. A também professora Eliane Anete Hubl surge como uma forte alternativa para compor a chapa majoritária.

Eliane é uma das mulheres queridas dentro do MDB e já exerceu cargos importantes como de gerente regional de educação. Natural de São Bento do Sul sempre esteve ativa na política regional, tendo prestígio de nomes importantes do MDB estadual como o ex-presidente da sigla, Mauro Mariani, o ex-senador Cacildo Maldaner, o atual deputado federal Carlos Chiodini e outros nomes importantes da sigla.

Como o momento é de definição as lideranças do MDB, assim como do PSD, guardam as informações para veiculação somente após a definição pela coligação ou pela saída em chapa pura. Eliane pode até ser indicada para composição de chapa pura do MDB, caso o projeto de coligação com os pessedistas venha naufragar.

Foto: Divulgação/Internet