Weihrmann recusa convite para ser secretário

Weihrmann recusa convite para ser secretário

São Bento do Sul – O empresário Geraldo Weihermann, principal coordenador da campanha do PSDB que culminou com sucesso nas urnas neste ano, foi convidado para assumir a Secretaria Municipal de Saúde, o setor que exige maior cautela de prefeito e vice eleitos para assumirem em primeiro de janeiro. O setor é essencial para o sucesso da próxima administração, pois foi nele que se concentrou a maior parte das propostas de campanha dos médicos Tomazini e Tirso.
Weihermann já havia dado demonstrações de que seria difícil assumir uma pasta no governo por conta de seus negócios particulares. Atualmente sua empresa, a RH Brasil, vive ótimos dias de retorno com o aumento na oferta de vagas no mercado de trabalho na cidade e na região.
Na terça-feira 24) o empresário, que atua em causas sociais e humanitárias em São Bento do Sul, deu uma demonstração de respeito também a um dos clubes que participa na cidade, onde também conta com muitas pessoas de confiança e que estiveram juntos em várias caminhada. “Passo para informar sobre a questão política. Fui convidado pelo Dr. Tomazini, na semana passada, para assumir a secretaria de saúde. Informei ontem, segunda-feira – 23, a ele que não posso, nesse momento, aceitar o convite”, escreveu.
O empresário ainda destacou que agradeceu a confiança que o prefeito eleito depositou em sua pessoa, mas tendo em vista o crescimento dos negócios, optou por se manter a frente da empresa. “Não será desta vez, mas continuo com o Tomazini na equipe de transição da atual gestão para a nova, além de contribuir para a gestão com minha experiência”, continuou.
Geraldo ainda informou aos colegas que o prefeito eleito perguntou se desejava outro setor da Prefeitura, e que sua reposta foi clara deixando transparente que não poderia assumir cargos no momento por conta da falta de tempo. “O momento exige me dedicar à empresa e a função pública requer dedicação integral”, finalizou.

Precisa de um nome
Com a negativa de Geraldo Weihermann, Tomazini e Tirso voltam a trabalhar alguns nomes possíveis de indicação para a secretaria. Os médicos também estão contando com a colaboração de colegas de profissão, os quais demonstram interesse em contar com um secretário que ajude na celeridade das soluções para alguns setores, mas que também tenha habilidade de conciliação para fazer com que todas as partes envolvidas na saúde tenham um relacionamento saudável em prol da saúde da população.