Procon recolheu mercadorias vencidas em dois supermercados de Campo Alegre

 Procon recolheu mercadorias vencidas em dois supermercados de Campo Alegre

Campo Alegre – Uma ação do Procon Estadual culminou com a notificação em dois estabelecimentos, supermercados, na cidade de Campo Alegre. Nas duas situações o órgão estadual encontrou produtos vencidos disponibilizados nas prateleiras.

Segundo a chefe do setor na cidade, a ação foi desencadeada em vários municípios pela instituição estadual, cabendo aos setores municipais apenas acompanhar a fiscalização que foi realizada na quarta-feira (27). “Nosso papel como responsável pelo órgão no município foi apenas acompanhar e dar suporte para o trabalho realizado pelo órgão estadual”, informou Kimili Neuberger.

Ela ainda destacou que os atos fiscalizatórios, que terão sequência, não se trata de uma ação de maldade contra as empresas comerciais, mas de fazer com que a ferramenta de apoio ao consumidor esteja em plena ação. “As pessoas precisam saber disso, o que fazemos é defender os direitos do consumidor fiscalizando os estabelecimentos comerciais para que todas as normas sejam cumpridas”, segue.

Notificação

Em dois mercados o Procon de Santa Catarina recolheu mais de cinco carrinhos lotados de mercadorias, todas elas serão descartadas adequadamente na capital, para onde foram levados os produtos. As notificações foram emitidas para geração de um processo que pode gerar multa, no entanto os estabelecimentos podem se defender na forma da lei.

Kimili ainda destacou que todos os órgãos (Procon) do país estão passando por um treinamento a fim de garantir que a fiscalização seja realizada com mais assiduidade e efetividade nas cidades brasileiras. “Gostaria de orientar o cidadão/consumidor para que fique atento aos produtos que vai comprar, pois todos precisam estar dentro do prazo de validade e com as normas de segurança sanitárias de acordo com as prerrogativas da legislação”, encerra.

Ouça abaixo entrevista com a chefe do Procon campo-alegrense, Kimili Neuberger sobre a ação de quarta-feira e as orientações para o consumidor.

Entrevista com a chefe do Procon de Campo Alegre

Foto: Divulgação/Procon-SC

Outras notícias