Operação Hefesto: Laudo confirma que carne apreendida era de cavalo

 Operação Hefesto: Laudo confirma que carne apreendida era de cavalo

A primeira fase da operação foi desencadeada em setembro do ano passado, por meio da Delegacia de Polícia de Morro da Fumaça, com o cumprimento de nove mandados de busca e apreensão e um mandado de prisão temporária.

Foram apreendidos cerca de 520 quilos de carne, drogas, cinco armas, diversas munições, cheques e dinheiro. A maior parte das buscas ocorreu no CTG Herança do Velho Pai, no bairro Frasson, em Morro da Fumaça.

A operação ainda contou com uma segunda fase. Ao todo nove pessoas chegaram a ser presas, mas atualmente todas respondem em liberdade.

A operação é resultado de duas investigações iniciadas em maio de 2021, que apuram crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico, receptação, furto de gado, venda de carne de equinos/mula moídos para consumo humano, posse e venda de armas, venda de produto veterinário falsificado e organização criminosa.

Confira o laudo

Fonte/OCP/News

Outras notícias